Perfil Completo: conheça tudo sobre a dupla Chitãozinho e Xororó

21 FEV 2017
21 de Fevereiro de 2017

Referência da música sertaneja, a dupla Chitãozinho e Xororó acumula sucessos lançados ao longo de seus mais de 40 anos de carreira. Nascidos em uma cidade do interior do Paraná, os cantores iniciaram cedo as atividades com a música, mas só nos anos 80 conquistaram o Brasil. Hoje, eles acumulam números expressivos: 37 milhões de álbuns vendidos, mais de 400 músicas já gravadas e 36 álbuns inéditos. Conheça aqui um pouco mais sobre essa história de sucesso!

Perfil Completo: conheça tudo sobre a dupla Chitãozinho e Xororó

Astorga: onde tudo começou

O gosto pela música começou em casa, quando José Lima Sobrinho e Durval de Lima escutavam os pais cantando. Seu Marinho e Dona Araci foram grandes influências para os filhos, que começaram cedo a fazer apresentações em clubes e festas juninas. Nascidos em Astorga, no estado do Paraná, os dois irmãos também faziam apresentações em circos no início da carreira. Muitas vezes, precisavam investir no sonho com dinheiro próprio. Mas valeu a pena! Eles foram a primeira dupla sertaneja a tocar em rádios FM brasileiras.

Os irmãos Lima

Antes do sucesso, os irmãos venceram o primeiro lugar do show de calouros do Silvio Santos. A música escolhida foi uma gravada por Tonico e Tinoco, Besta Ruanda. Na ocasião, foram apresentados como os “Irmãos Lima”. O nome artístico, Chitãozinho e Xororó, foi dado pelo radialista Geraldo Meirelles, inspirado por uma música composta em 1947. Esse foi o nome usado para a dupla no primeiro álbum, gravado em 1970: Galopeira. Mas o primeiro disco de ouro veio só em 1978, com o álbum 60 dias apaixonados, e o sucesso nacional só chegou em 1982, quando foi lançado o disco Somos Apaixonados, que incluía o sucesso Fio de Cabelo.

Foi um longo percurso até a solidificação do sucesso. Nos tempos difíceis, a música Tente outra vez, gravadA por Raul Seixas, serviu como incentivo para os sertanejos não desistirem da carreira. Esta música, um rock, é uma demonstração da versalidade musical da dupla, que foi a primeira a incluir instrumentos COMO banjo e guitarra elétrica em suas canções, sempre preservando a raiz sertaneja.

Com os anos 80, o sucesso!

Depois que a dupla estourou pelo Brasil, em 1982, a história de sucesso prosseguiu seu curso. Em 1986, os irmãos apresentaram o programa Chitãozinho e Xororó no SBT, onde recebiam convidados. Nessa mesma época, a dupla cantou junto com Roberto Carlos a música De coração para coração no especial de fim do ano do rei.

Parcerias e hits

Ao longo dos anos, Chitãozinho e Xororó fizeram parcerias musicais com mais de 100 cantores brasileiros e internacionais. Um exemplo é a canção Words, gravada com os Bee Gees em 1993. A música faz parte do álbum Tudo por amor. Com o cantor country Billy Ray Cyrus, gravaram Ela não vai mais chorar.

Em 1995, os sertanejos se apresentaram em um evento em São Caetano do Sul intitulado Amigos, que também contou com a participação de outras referências da música sertaneja: as duplas Leandro e Leonardo e Zezé di Camargo e Luciano. Essas foram apenas algumas das parcerias musicais de Chitãozinho e Xororó, que já gravaram com grandes nomes nacionais como Caetano Veloso, Ivete Sangalo e Lulu Santos.

Em 2010, a dupla gravou o DVD Chitãozinho e Xororó 40 anos para comemorar os longos anos de carreira. Este projeto contou com a participação de cantores como Luan Santana, Jorge e Mateus e Hugo Pena e Gabriel.

Hoje, com mais de 40 anos de carreira e muita experiência no cenário musical, a dupla acumula três prêmios Grammy, discos de ouro, platina e diamante e têm uma legião de fãs, que reconhecem em Chitãozinho e Xororó uma parte significativa da música sertaneja.

Fonte: http://fmhits.com.br

Voltar







Rádio Campo Alegre Ltda, Rua Vitória nº 880 Centro Tel: (67) 3292 1561 

Tenha você também a sua rádio